Ex-CEO da Volkswagen acusado na Alemanha pelo escândalo dieselgate

O ex-CEO da Volkswagen, Martin Winterkorn, foi acusado em conjunto com outros quatro gestores na Alemanha pelo seu papel no dieselgate.

Winterkorn e os outros suspeitos são acusados ​​de fraude agravada pelos procuradores de Braunschweig, que alegam que o ex-responsável da Volkswagen sabia desde 2014 acerca do uso ilegal de software para ludibriar os testes de emissões. Os procuradores fizeram a revelação esta segunda-feira numa declaração feita por e-mail, indica a Bloomberg.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos