Ethiopian Airlines imobiliza frota Boeing 737 após queda de avião

As autoridades chinesas ordenaram a todas as companhias aéreas do país para que deixem de usar temporariamente aviões Boeing 737 Max 8.

A companhia aérea Ethiopian Airlines anunciou esta segunda-feira que imobilizou todos os seus Boeing 737 MAX após a queda no domingo de uma das suas aeronaves que matou as 157 pessoas que seguiam a bordo.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos