Erros de português escondem caloteiros

A falta de um til ou de acentos faz com que alguns nomes da lista de devedores ao Fisco sejam difíceis de encontrar

A Associação de Professores de Português lamenta a falta de cuidado aplicada à lista de devedores do Fisco, cujo objetivo deveria ser denunciar os caloteiros e envergonhá-los publicamente mas que, por causa dos erros de português, esconde alguns calotes, escreve hoje o Jornal de Notícias.

De acordo com esta publicação, a lista de devedores tem vários nomes mal escritos. Gralhas básicas, como a falta de um til, cedilha ou acentos, que "escondem" os caloteiros, uma vez que os nomes destes surgem ordenados alfabeticamente. Assim, escreve o JN, um João sem o til em vez de surgir junto aos outros, só aparece noutra página da lista.

Edviges Antunes Ferreira, presidente da Associação de Professores de Português lamentou ao JN que o Estado maltrate a língua, tendo já solicitado uma audiência ao presidente da República para denunciar este e outros erros cometidos por entidades públicas.

Ler mais

Exclusivos