Em Espanha, um saco de plástico vai custar até 30 cêntimos

A partir do primeiro dia do próximo ano, nenhuma loja, independentemente da dimensão, poderá oferecer sacos aos clientes, sob o risco de coima.

A entrega gratuita de sacos de plástico vai ser proibida em todas as lojas espanholas a partir de dia 1 de janeiro de 2018. Os pontos de venda serão obrigados por lei a cobrar um valor mínimo que varia entre os 5 e os 30 cêntimos, consoante a espessura e o material do saco. A notícia foi avançada hoje pelo El País.

Exclusivos