easyJet quer que um em cada cinco pilotos recrutados seja mulher em 2020

Atualmente, a easyJet conta com 164 mulheres piloto, o que representa 6% do quadro, das quais 62 são capitãs

A companhia aérea inglesa easyJet quer aumentar o número de pilotos do sexo feminino para chegar a 2020 com uma mulher em cada cinco pilotos recrutados, anunciou hoje a presidente executiva, Carolyn McCall.

Ler mais

Exclusivos