Goldman Sachs. Durão Barroso acusa Bruxelas de "discriminação"

Antigo primeiro-ministro defende-se de Jean-Claude Juncker, que pediu para examinar, de novo, o contrato com a Goldman Sachs

É através de carta que Durão Barroso responde a Bruxelas. O ex-presidente da Comissão Europeia acusa a instituição de estar a ser "discriminatória" e "inconsistente" depois de Jean-Claude Juncker ter pedido uma consulta ao gabinete de ética sobre o cargo de administrador não executivo do Goldman Sachs, segundo um documento a que o Financial Times teve acesso.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

Compreender Marques Mendes

Em Portugal, há recorrentemente espaço televisivo para políticos no activo comentarem notícias generalistas, uma especificidade no mundo desenvolvido. Trata-se de uma original mistura entre comentário político e espaço noticioso. Foquemos o caso mais saliente dos dias que correm para tentar perceber a razão dessa peculiaridade nacional. A conclusão é que ela não decorre da ignorância das audiências, da falta de especialistas sobre os temas comentados, ou da inexistência de jornalistas capazes. A principal razão é que este tipo de comentário serve acima de tudo uma forma de fazer política.