Draghi: bancos centrais devem estar mais coordenados

Políticas domésticas devem estar mais alinhadas para não gerarem diferenças que produzam ruturas sobre as economias, defendeu líder do BCE, em Sintra

Os bancos centrais devem estar mais coordenados entre si e as políticas domésticas devem estar cada vez mais alinhadas para não gerarem diferenças que produzam ruturas e efeitos colaterais (contágios) negativos sobre as economias, como tem acontecido nos últimos anos, defendeu Mario Draghi, na abertura do Fórum BCE, em Sintra, subordinado ao tema da arquitetura monetária e financeira internacional.

Ler mais

Exclusivos

Premium

DN Life

DN Life. «Não se trata o cancro ou as bactérias só com a mente. Eles estão a borrifar-se para o placebo»

O efeito placebo continua a gerar discussão entre a comunidade científica e médica. Um novo estudo sugere que há traços de personalidade mais suscetíveis de reagir com sucesso ao referido efeito. O reumatologista José António Pereira da Silva discorda da necessidade de definir personalidades favoráveis ao placebo e vai mais longe ao afirmar que "não há qualquer hipótese ética de usar o efeito placebo abertamente".