Dívida pública aumentou para 246 mil milhões de euros em fevereiro

Um aumento de 2,4 mil milhões de euros face ao final de janeiro, divulgou hoje o Banco de Portugal

A dívida pública situou-se em 246 mil milhões de euros em fevereiro, um aumento de 2,4 mil milhões de euros face ao final de janeiro, divulgou hoje o Banco de Portugal.

"Para este aumento contribuiu essencialmente o acréscimo dos títulos de dívida pública (2,2 mil milhões de euros)", refere o banco central numa nota divulgada hoje.

Em fevereiro, os ativos em depósitos das administrações públicas subiram 2,2 mil milhões de euros, "pelo que a dívida pública líquida de depósitos registou um aumento de 0,2 mil milhões de euros em relação ao mês anterior, totalizando 223,3 mil milhões de euros", segundo a mesma fonte.

A dívida pública já havia subido em janeiro face a dezembro, de 242,6 mil milhões de euros para 243,6 mil milhões de euros.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os aspirantes a populistas

O medo do populismo é tão grande que, hoje em dia, qualquer frase, ato ou omissão rapidamente são associados a este bicho-papão. E é, de facto, um bicho-papão, mas nem tudo ou todos aqueles a quem chamamos de populistas o são de facto. Pelo menos, na verdadeira aceção da palavra. Na semana em que celebramos 45 anos de democracia em Portugal, talvez seja importante separarmos o trigo do joio. E percebermos que há políticos com quem podemos concordar mais ou menos e outros que não passam de reles cópias dos principais populistas mundiais, que, num fenómeno de mimetismo - e de muito oportunismo -, procuram ocupar um espaço que acreditam estar vago entre o eleitorado português.