Cotadas da Bolsa lucram mais 75 milhões até março

Empresas do PSI 20 fecham trimestre com lucros de 845 milhões de euros, apesar da quebra de receitas. Contributo em impostos atinge os 448 milhões

O arranque de 2016 não podia ter corrido melhor para as contas das empresas cotadas na Bolsa de Lisboa. Contas feitas, as 17 empresas do índice PSI 20 registaram uma subida de lucros de 75 milhões de euros nos primeiros três meses deste ano. Até março, as cotadas do principal índice nacional arrecadaram resultados de 845 milhões de euros, mais 10% do que os 770 milhões de euros alcançados em igual período do ano passado. O diagnóstico sobre o estado de saúde das cotadas da Bolsa de Lisboa no primeiro trimestre fica hoje completo quando a Pharol apresentar as suas contas ao mercado.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Crespo

E uma moção de censura à oposição?

Nos últimos três anos, o governo gozou de um privilégio raro em democracia: a ausência quase total de oposição. Primeiro foi Pedro Passos Coelho, que demorou a habituar-se à ideia de que já não era primeiro-ministro e decidiu comportar-se como se fosse um líder no exílio. Foram dois anos em que o principal partido da oposição gritou, esperneou e defendeu o indefensável, mesmo quando já tinha ficado sem discurso. E foi nas urnas que o país mostrou ao PSD quão errada estava a sua estratégia. Só aí é que o partido decidiu mudar de líder e de rumo.