Costa afirma que lançou “bases do futuro” e recusa que apenas geriu o presente

O secretário-geral do PS apresentou hoje uma série de indicadores internacionais para defender a tese de que o seu Governo lançou as “bases do futuro” na presente legislatura, recusando que se tivesse limitado a gerir a conjuntura.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos