Conselho da ADSE quer diálogo urgente com privados

Numa resolução aprovada esta segunda-feira por unanimidade, a ADSE reitera a necessidade de haver um maior controlo de despesa

O Conselho Geral de Supervisão da ADSE quer um diálogo urgente entre hospitais privados e direção do instituto público que gere o subsistema de saúde dos funcionários públicos.

O apelo, numa resolução aprovada esta segunda-feira por unanimidade, reitera a necessidade de haver um maior controlo de despesa na ADSE, mas vê também como urgente o retomar de negociações dos preço com os privados num momento em que já dois grupos de saúde - CUF e Luz - deram conta da intenção de formalizar a denúncia de convenções.

Leia o artigo completo no Dinheiro Vivo

Ler mais

Exclusivos