Como o Mundial põe a economia a rolar

A febre do Mundial está de volta. Empresas aproveitam entusiasmo para apelar ao consumo. Venda de televisões aumentou 50%.

A bola ainda não começou a rolar, mas Filipe Freitas já faz contas de cabeça. O primeiro adversário de Portugal no Mundial é a seleção espanhola, o que para o bolso do empresário é vitória assegurada. Mas no segundo jogo, contra Marrocos, o proprietário do Kaffa, um bar em Lisboa, vai ter de afinar a tática. "É numa quarta-feira às 13.00, o que vai ser muito estranho. Será um misto de hora de almoço, dia de trabalho e futebol de seleção. Não sei como nos vamos organizar. Os outros dois jogos são às 19.00 e isso é faturação garantida", conta.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Brand Story

Mais popular

  • no dn.pt
  • Dinheiro
Pub
Pub