Cofres públicos nunca estiveram tão cheios

Desde que entrou em funções, governo do PS fez reforço de 11% no "colchão" de segurança do país ou mais 2,1 mil milhões de euros. Cofres cheios mesmo.

Os cofres da República Portuguesa nunca estiveram tão cheios como agora. Segundo dados oficiais, do Banco de Portugal, o montante em reserva de numerário e depósitos das Administrações Públicas já ultrapassa os 20,7 mil milhões de euros (final de julho). Significa que, desde que entrou em funções, o atual governo do PS fez um reforço de 11% na almofada de segurança ou mais 2,1 mil milhões de euros. Os cofres cheios vieram para ficar.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.