Lisboa investe 80 milhões de euros na Carris até 2019

Mais de 70% desse valor será para renovação da frota de autocarros e elétricos

A Câmara de Lisboa, que gere desde fevereiro a Carris, vai investir 80 milhões de euros na rodoviária até 2019, dos quais 61 milhões de euros (76%) na renovação da frota de autocarros e elétricos, foi hoje anunciado.

De acordo com os dados apresentados pela autarquia em conferência de imprensa na sede da Carris, em Lisboa, em 2017 haverá um investimento de 12,4 milhões de euros, número que sobe para 38,1 milhões de euros em 2018 e passa para 30,1 milhões de euros em 2019.

A Câmara de Lisboa assumiu em fevereiro passado a gestão da rodoviária - 41 anos depois de a ter 'perdido' para o Estado -, num processo que gerou alguma polémica, após o PCP ter pedido a sua apreciação parlamentar.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.