BCE e Comissão Europeia preparam auditoria à CGD

Auditoria poderá adiar comissão de inquérito pedida pelo PSD

O Banco Central Europeu e a Comissão Europeia estarão a colocar a hipótese de fazer uma auditoria à Caixa Geral de Depósitos (CGD) antes de chegarem a uma decisão final sobre o pedido de recapitalização do banco

A auditoria estará a ser negociada com o presidente da CGD, António Domingues, e merece a aprovação do governo português, como avança a TSF.

Caso aconteça, o pedido do Bloco de Esquerda para a realização de uma "auditoria forense" torna-se desnecessário.

Por outro lado, uma auditoria de Frankfurt e Bruxelas poderá adiar a comissão de inquérito exigida pelo PSD. No último debate quinzenal, o PSD, com apoio do PCP e BE, mencionou que alguns supostos "negócios ruinosos" praticados pela instituição poderiam ter provocado os atuais problemas, e mostrou-se interessado em investigar os créditos concedidos pelas administrações da CGD.

Com uma auditoria internacional, qualquer decisão sobre a recapitalização da CGD seria adiada para depois do verão, o que para a esquerda parece ser positivo, segundo a TSF. Para a maioria parlamentar, o adiamento vai permitir fechar a nova administração e negociar com Bruxelas o reforço de capital de que a Caixa precisa para cumprir as exigências do BCE.

Ler mais

Exclusivos