BES reclama 273 milhões a antigos acionistas angolanos

Álvaro Sobrinho, ex-presidente do BESA, é um dos alvos do processo instaurado pela comissão liquidatária do Banco Espírito Santo.

A comissão liquidatária do Banco Espírito Santo (BES) processou os antigos acionistas do BES Angola (BESA), exigindo 273 milhões de euros. O banco quer ser ressarcido das perdas depois de ter visto eliminada a sua participação no BESA, escreve o Jornal de Negócios, esta quarta-feira.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

Europa

"Não sou capaz de imaginar quem eu seria se não existisse a União Europeia"

Mafalda vive em Londres com um francês, Jorge vive em Bruxelas com uma espanhola, Daniel vive em Lisboa com o polaco Bartek, que conheceu em Berlim. Estudaram através de programas europeus, circularam pelas fronteiras abertas e apaixonaram-se por nacionais de outros países da UE. Europeus como nós, sabem exatamente, ao contrário da maioria, o que isso quer dizer - e o quão importante é para eles.