Bens apreendidos em processos-crime vão poder ser leiloados

Bens apreendidos em processos-crime vão poder ser leiloados em plataforma eletrónica da Ordem dos Solicitadores e dos Agentes de Execução

O protocolo é assinado esta quarta-feira entre o Ministério da Justiça, o Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça (IGFEJ) e a Ordem dos Solicitadores e dos Agentes de Execução (OSAE). O acordo vai permitir a venda em leilão eletrónico dos bens apreendidos, na plataforma e-leilões, de bens recuperados ou declarados perdidos a favor do Estado, no âmbito de processos-crime.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

  • no dn.pt
  • Dinheiro
Pub
Pub