BCP paga "neste momento" 700 milhões ao Estado

Novas ações do aumento de capital começaram esta quinta-feira a transacionar em bolsa

O BCP paga hoje os 700 milhões de euros de empréstimo do Estado (CoCos) que ainda detém, recuperando a sua autonomia. A garantia foi dada por Miguel Bragança, administrador financeiro do banco, na sessão de entrada em bolsa das novas ações emitidas no âmbito do aumento de capital.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Crespo

E uma moção de censura à oposição?

Nos últimos três anos, o governo gozou de um privilégio raro em democracia: a ausência quase total de oposição. Primeiro foi Pedro Passos Coelho, que demorou a habituar-se à ideia de que já não era primeiro-ministro e decidiu comportar-se como se fosse um líder no exílio. Foram dois anos em que o principal partido da oposição gritou, esperneou e defendeu o indefensável, mesmo quando já tinha ficado sem discurso. E foi nas urnas que o país mostrou ao PSD quão errada estava a sua estratégia. Só aí é que o partido decidiu mudar de líder e de rumo.