Autoridade da Concorrência aceita compra da EDP Bioelétrica pela Altri

O regulador "não se opôs" à operação que dá o controlo total à Altri da EDP Bioeléctrica.

No final de julho, a Altri comunicou que tinha alcançado um acordo com a EDP - Energias de Portugal para adquirir diretamente e através da sua subsidiária Caima Indústria de Celulose 50% do capital social, dos créditos e dos direitos de voto de que aquela é, direta e indiretamente, titular no capital social da EDP Produção - Bioelétrica (EDP Bioelétrica). Pagou 55 milhões de euros para assumir o controlo total da EDP Bioelétrica. Pouco mais de um mês depois, a Autoridade da Concorrência revelou que "não se opôs" à operação.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos