ASAE apreende quase duas mil garrafas de vinho "Pêra Manca"

Cada garrafa custa cerca de 350 euros, salienta a ASAE

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu esta sexta-feira 1700 garrafas de vinho "Pêra Manca", no valor aproximado de 250 mil euros. Cada garrafa custa cerca de 350 euros.

A operação foi realizada em cooperação com a PSP de Lisboa e resultou na interceção de uma viatura de mercadorias que transportava garrafas de vinho tinto (colheita de 2010) com rótulos, contra rótulos e cápsulas contrafeitas.

Já foi constituído um arguido (com antecedentes criminais), estando em curso uma investigação para apurar os contornos e membros deste esquema de distribuição ilegal.

Por agora, aguardam-se os resultados das análises físico-químicas e sensoriais a realizar no Laboratório de Segurança Alimentar da autoridade.

Em comunicado hoje emitido, a ASAE informa que a ação enquadra-se no esforço de fiscalização da produção e comércio de vinhos, sobretudo no que diz respeito às compras em meio digital. O preço de cada garrafa, na produção, é de 150 euros, sendo vendida, no mercado digital, por 350 euros.

Exclusivos