Portugal deve dar incentivos aos carros elétricos como fez a Noruega

Mais do que apoios fiscais, Portugal deve ter medidas para tornar os carros elétricos mais convenientes para clientes particulares.

Dinheiro Vivo

Na Noruega, os carros híbridos e elétricos já são mais vendidos do que os veículos movidos a combustível. Este é o mercado automóvel mais amigo do ambiente e no qual Portugal deve inspirar-se para aumentar a mobilidade elétrica, defende Pedro de Almeida, administrador executivo da SIVA. Mais do que incentivos fiscais, o governo português deve apostar noutro tipo de ofertas para atrair os particulares para estes veículos.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia