AHP quer taxa turística a promover turismo. Porto vai comprar imóveis

Associação da Hotelaria não aceita que a taxa cobrada aos turistas esteja a ser utilizada num âmbito que em nada beneficia a promoção do destino

A Câmara Municipal do Porto aprovou a proposta para criação de uma taxa turística na cidade. A receita obtida servirá para comprar património e, posteriormente, arrendar casas a munícipes. A Associação da Hotelaria bate o pé contra esta utilização e lembra que a taxa paga pelos turistas não pode reverter para um fim que em nada beneficia o turismo.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos