Adicional ao IMI: quem paga e quem pode deixar de pagar

O Adicional ao IMI tem de ser pago durante o mês de setembro. O cálculo do novo imposto é anual e é possível ficar isento em 2018.

O imposto surgiu este ano e deu origem a mais de 211 mil notas de pagamento, junto de proprietários (particulares ou empresas) de imóveis classificados como habitacionais ou terrenos de construção. A maioria destes contribuintes continuará a pagar o AIMI nos próximos anos, mas alguns conseguirão trava-lo, se usarem escapatórias previstas na lei.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

O Banco de Portugal está preso a uma história que tem de reconhecer para mudar

Tem custado ao Banco de Portugal adaptar-se ao quadro institucional decorrente da criação do euro. A melhor prova disso é a fraca capacidade de intervir no ordenamento do sistema bancário nacional. As necessárias decisões acontecem quase sempre tarde, de forma pouco consistente e com escasso escrutínio público. Como se pode alterar esta situação, dentro dos limites impostos pelas regras da zona euro, em que os bancos centrais nacionais respondem sobretudo ao BCE? A resposta é difícil, mas ajuda compreender e reconhecer melhor o problema.