A posse de um automóvel já não é essencial

A emov é uma empresa de carsharing (mobilidade partilhada) que só utiliza veículos 100% elétricos e que neste momento tem uma oferta de 600 carros em Madrid e 150 em Lisboa, explicou no Lisbon Mobi Summit Fernando Izquierdo, o diretor-geral da emov Espanha e Portugal.

A emov é uma empresa que encara a mobilidade como um serviço e que aproveita as novas tendências de comportamento, onde sobressai um menor sentimento de posse sobre o carro, explicou o diretor-geral.

"Em Madrid, o que está a acontecer é incrível", disse para exemplificar o crescimento da concorrência neste tipo de serviço, desde que a empresa começou a operar em 2016. "

Estávamos praticamente sozinhos" e agora há qualquer coisa como uma dúzia de empresas na área. "Isto é uma autêntica revolução", conclui Fernando Izquierdo, esperando que em Lisboa possa a acontecer algo similar.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).