Inspeções do gás e eletricidade deixam de ser obrigatórias

Os clientes residenciais poupam 51,23 euros na inspeção inicial, enquanto para a indústria acaba a taxa de 1890 euros pela aprovação do projeto

A partir de 1 de janeiro de 2018 será possível poupar nos custos com as inspeções e aprovações obrigatórias dos projetos de instalação elétrica e de gás. A medida é hoje publicada em Diário da República, no âmbito do programa Simplex+, e prevê a revisão do regime jurídico que estabelece as regras para as instalações elétricas de serviço particular alimentadas pela rede elétrica de serviço público e o regime das instalações de gases combustíveis em edifícios. O objetivo é reduzir os tempos de licenciamento e simplificar os processos.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG