Grupo chinês compra terreno por 300 milhões e vai mudar Monsanto

Grupo EMGI vai ter um projeto com 120 mil metros quadrados perto do parque de Monsanto. Um quarto das casas terão renda acessível.

A antiga Pedreira do Alvito vai tornar-se um dos maiores projetos imobiliários de Lisboa. O grupo chinês EMGI vai investir 300 milhões de euros nestes terrenos, que pertenciam ao BCP. Junto ao parque florestal de Monsanto e ao estádio do Atlético Clube de Portugal, este projeto imobiliário vai ter uma área de construção de 120 mil metros quadrados e prevê a construção de cerca de 550 apartamentos, escritórios e ainda espaços de retalho, segundo nota de imprensa divulgada nesta terça-feira.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos