Governo está a conter crescimento da despesa à custa do investimento

O grau de execução das despesas de capital foi de 27,1%, situando-se bastante abaixo do observado no mesmo período de 2016, diz a UTAO.

O crescimento a despesa continua a registar um nível de execução relativamente baixo e o principal fator que explica esta contenção continua a ser o investimento público, que está a fluir menos do que o orçamentado, diz a Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO).

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG