Função Pública: Reversão do corte das horas extra em quatro fases

O Governo quer reverter o corte do valor das horas extraordinárias na Função Pública em quatro fases.

Na proposta que será discutida esta quinta-feira com os sindicatos da Função Pública, o executivo pretende que a reversão do corte do valor das horas extraordinárias seja feita de forma faseada. Assim, propõe-se anular 25% do corte já a partir de 1 de janeiro, remetendo nova eliminação de 25% deste corte para 1 de abril, uma reversão adicional de 25% a 1 de julho e a conclusão deste processo a 1 de dezembro.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG