FMI pede que se avance com fundo de garantia de depósitos europeu

Falta uma garantia de depósitos europeia para completar a União Bancária. Mas Berlim e Paris querem que primeiro se reduza crédito malparado.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) defende que houve "melhorias substanciais" na forma como a zona euro se preparou para impedir novas crises bancárias. Mas a instituição liderada por Christine Lagarde voltou a pedir que se operacionalize um fundo de garantia de depósitos para toda a zona euro. A medida foi proposta pela Comissão Europeia, mas os maiores países do euro têm mostrado cautela nas negociações para essa solução.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG