FMI exige ao governo mais reformas do mercado de trabalho

Durante o ajustamento, Portugal fez várias reformas, mas FMI diz que é possível ir mais longe na facilitação dos despedimentos

Portugal tem um problema de produtividade baixa e por isso tem de fazer mais reformas do mercado de trabalho no sentido de facilitar as contratações e acelerar os despedimentos, insiste o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos