Fiat Chrysler recolhe 1,1 milhões de carros por causa das mudanças

Marca diz que mudanças podem confundir condutores que pensam que colocaram em modo parque. Medida foi tomada após 41 casos que causaram feridos

A Fiat Chrysler vai chamar 1,1 milhões de veículos em todo o mundo porque as mudanças podem causar confusão aos condutores.

A Reuters avança que esta medida afeta carros e também alguns modelos de SUV cujas mudanças poderão confundir quem conduz os veículos, pois podem sair do carro sem ter colocado em modo parque. A marca explicou que 41 pessoas terão ficado feridas precisamente porque pensaram que tinham colocado a mudança em "parque" antes de saíram do carro.

Os veículos a serem chamados serão os Dodge Charger e os Chrysler 300 de 2012 a 2014 e os Jeep Grand Cherokee de 2014 e 2015.

Só nos Estados Unidos são 811 mil de veículos afetados, 52 mil no Canadá e cerca de 17 mil no México, além de 250 mil noutros países.

A agência responsável pela segurança rodoviária nos Estados Unidos (NHTSA, sigla em inglês) já alertou que irá monitorizar esta recolha de carros de perto, para assim garantir que as alterações são feitas rapidamente. A Reuters avança que a Fiat Chrysler irá melhorar o sistema de forma a que os veículos não se movimentem em certas circunstâncias, mesmo que o condutor não coloque no modo parque.

Em fevereiro a NHTSA havia dito que tinha recebido 314 queixas, incluindo 121 de veículos que se tinham movimentado, alguns chocando contra edifícios, ou contra outros carros e até se verificaram atropelamentos.

(Notícia atualizada às 21:38)

Exclusivos