Fábrica de calçado cria entre 50 a 60 postos de trabalho em Belmonte

Inicialmente a "Classic Belmonte Shoes" fica num pavilhão cedido pela autarquia, mas o objetivo é construir um edifício de raiz

Uma fábrica de calçado que começa hoje a laborar em Belmonte deverá criar entre 50 a 60 postos de trabalho quando estiver a funcionar em pleno, disse hoje à agência Lusa o empresário responsável pelo investimento, António Ferreira.

"Nesta primeira fase, criámos entre 20 a 25 postos de trabalho porque vamos começar a laborar numas instalações provisórias e apenas com o corte e a costura, mas quando tivermos tudo pronto podemos vir a empregar entre 50 a 60 pessoas", afirmou, adiantando que a maioria dos trabalhadores será recrutada neste concelho do distrito de Castelo Branco.

Segundo explicou, inicialmente a "Classic Belmonte Shoes" fica num pavilhão cedido pela autarquia, mas o objetivo é construir um edifício de raiz na zona industrial, cuja obra deverá arrancar no primeiro trimestre deste ano e terá de estar concluída até 2018.

"Fizemos uma candidatura aos fundos europeus que já foi aprovada e que prevê que dentro de um tenhamos todo o investimento concretizado", adiantou António Ferreira.

De acordo com o empresário, o investimento global previsto ronda os dois milhões de euros, cerca de 400 mil euros dos quais já concretizados na aquisição equipamento.

Proprietário de uma outra fábrica de calçado em Oliveira de Azeméis, António Ferreira decidiu investir em Belmonte depois de um cliente deste concelho o ter incentivado a investir ali, colocando-o em contacto com a Câmara Municipal que também apoiou a ideia desde a primeira hora.

Exclusivos