Homens querem diversão, mulheres preferem poupar

Hong Kong é o território onde a poupança mais preocupa. Nos restantes países analisados pela GfK, a vontade de aproveitar a vida vem primeiro

As mulheres portuguesas preocupam-se mais com a necessidade de amealhar poupanças do que os homens. O estudo é da GfK e mostra que 40% das mulheres coloca a poupança na primeira linha das suas preocupações, mas o mesmo já não acontece com os homens: 43% diz preocupar-se mais com "aproveitar a vida".

O estudo foi conduzido em diversos países e, no geral, um terço dos cidadãos prefere aproveitar a vida hoje e preocupar-se com poupanças no futuro.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG