Especialistas pedem que Fisco esclareça regime de tributação conjunta em 2015

Especialistas consideram que o Fisco deve esclarecer o regime transitório que permite a tributação conjunta de IRS para o ano de 2015.

A generalidade dos fiscalistas ouvidos pela Lusa considera que o Fisco deve esclarecer o regime transitório que permite a opção pela tributação conjunta de IRS relativamente aos rendimentos de 2015, afirmando que a lei é "ambígua" e "pouco clara".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG