Donos da TAP já transferiram os 150 milhões de euros

Sem esta infusão de capital, a transportadora deixaria de poder pagar salários ainda este mês

O consórcio Atlantic Gateway já transferiu para a empresa os 150 milhões de euros que estavam anunciados no novo plano de capitalização da empresa, avançou a SIC Notícias.

O contrato de venda da transportadora aérea foi assinado esta quinta-feira à noite, ficando assim privatizada uma parcela de 61 por cento do capital da TAP. Antes da assinatura do contrato, Humberto Pedrosa, dirigente do consórcio Gateway juntamente com David Neeleman, já garantira existir capital suficiente para fazer esta transação acordada.

A transação era essencial porque sem esta infusão de capital a transportadora corria o risco de deixar de poder pagar salários e combustível ainda no mês de novembro, segundo ontem noticiou o Expresso.

Esta sexta-feira, no dia após a assinatura do negócio de venda da TAP, os novos donos Humberto Pedrosa e David Neeleman estiveram já reunidos com os trabalhadores da empresa nas suas instalações em Lisboa, onde anunciaram a compra de 53 novos aviões e a intenção de implementar novos serviços low-cost que coloquem a empresa em concorrência com transportadoras como a Ryanair e a EasyJet.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG