Despesa com pensões está a descer. Mas efeito é temporário

A despesa com as pensões da segurança social e da CGA caiu no primeiro semestre. Efeito é temporário e termina quando for pago subsídio de Natal.

O número de reformas por velhice aumentou no primeiro semestre de 2018 face ao mesmo período do ano passado mas, ainda assim, tanto os gastos com pensões pagas pela Segurança Social, como pela Caixa Geral de Aposentações (CGA) estão abaixo dos valores registados até junho de 2017. Este alívio nesta rubrica da despesa deve-se, no entanto, apenas à forma de pagamento do subsídio de Natal que este ano abandonou o ritmo dos duodécimos para passar a ser pago de uma única vez no final do ano.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG