Défice público afunda 30% até julho

Forte queda do saldo orçamental "é explicada por um crescimento da receita (5,3%) superior ao aumento da despesa (2,5%)". O dobro. A boa notícia explica-se, argumenta o ministério, por a "receita traduzir o crescimento da atividade económica e do emprego".

O défice público medido em contabilidade de caixa (lógica do dinheiro que efetivamente entra e sai dos cofres públicos) caiu 30% em janeiro-julho face a igual período de 2017, informa o Ministério das Finanças esta segunda-feira.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG