Consumo. Marketing aponta aos millennials, mas idosos são os que mais gastam

Empresas afetam 60% do seu esforço promocional para as camadas mais jovens, mas que valem, apenas, 16% do consumo

As alterações demográficas estão a mudar a forma de consumo das sociedades e, embora as empresas centrem grande parte do seu esforço de marketing nos millennials e centennials, as gerações mais novas, o poder de compra está, claramente, na população acima dos 50. Basta ter em conta que, só em Portugal, há 4,3 milhões de pessoas com mais de 50 anos, dos quais metade, sensivelmente, tem mais de 65. "As empresas estão muito preocupadas com os millennials, mas esquecem-se que é a população acima dos 50 que consome. Os millennials não só são poucos, como têm, ainda, pouco poder de compra", diz Blandine Meyer, diretora comercial da Kantar Worldpanel Portugal.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG