Compras. Pagamentos 'sem contacto' até 50 euros "vieram para ficar"

Os consumidores podem continuar a fazer pagamentos 'contactless' sem introduzir o PIN em compras no valor até 50 euros.

O Banco de Portugal anunciou esta segunda-feira que o limite de 50 euros para a realização de pagamentos "sem contacto" passa a ser de forma permanente o novo valor máximo para compras com recurso a esta tecnologia. A medida foi introduzida no âmbito do combate à pandemia de covid-19. A tecnologia permite fazer pagamentos sem o consumidor ter de introduzir o seu PIN do cartão.

Segundo o supervisor bancário, "os consumidores passaram a recorrer à tecnologia contactless em cerca de 20% das compras com cartão, praticamente duplicando o nível de utilização existente antes da pandemia".

"Perante o crescimento registado na utilização desta tecnologia, a comunidade bancária nacional, em articulação com o Banco de Portugal e com a SIBS, decidiu, agora, tornar permanente o limite de 50 euros para a realização de pagamentos contactless sem necessidade de introduzir o PIN", refere o supervisor bancário num comunicado divulgado na sua página na Internet.

Foi em 25 de março de 2020 que o montante máximo para pagamentos "sem contacto" passou de 20 euros para 50 euros.

Elisabete Tavares é jornalista do Dinheiro Vivo

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG