Calçado, vestuário e acessórios com design made in Portugal à conquista de Paris

Há 15 anos que as associações falavam no assunto e até se esperou que uma entidade pública promovesse algo do género. Mas nada aconteceu. Até agora.

A ideia já tinha sido repetida em discursos, ao longo de década e meia. Temos bons designers de vestuário e acessórios, temos uma indústria de calçado que produz sapatos de topo e temos toda uma nova geração de ourives a produzir peças impressionantes. "Mas nunca nos soubemos promover e muito menos em conjunto", analisa Manuel Teixeira, CEO do Cenit - Centro de Inteligência Têxtil.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG