Bankinter revê spreads do crédito à habitação

O valor mínimo passa a ser de 1%, conforme comunica o Bankinter - para empréstimos com condições especiais. Outros valores foram igualmente ajustados

O Bankinter reduziu o spread mínimo de crédito à habitação para 1%, com as novas condições a entrarem em vigor a 17 de setembro, segunda-feira. O novo spread mínimo está disponível para clientes que invistam pelo menos 30% do valor da avaliação do imóvel e para financiamentos iguais ou superiores a 150 mil euros.

Para financiamentos acima desse valor e cujo investimento do cliente seja inferior a 30%, o spread foi reduzido para 1,10%, mantendo-se inalterado nos restantes escalões: 1,25% para montantes entre 100 mil e 150 miol euros e 1,45% para montantes abaixo de 100 mil euros. O banco decidiu ainda manter a sua campanha de transferências de crédito à habitação, que suporta custos de transferência até 1,25% do capital transferido para o Bankinter. Na sua oferta inclui também soluções de taxa fixa com prazos de dois a 30 anos.

"Esta descida do spread mínimo para 1% mostra a dinâmica do Bankinter no negócio do crédito à habitação, voltando a lançar um spread altamente competitivo, enquanto mantém uma avaliação de risco rigorosa e a vontade de continuar a apoiar as famílias na realização dos seus projetos", refere Vítor Pereira, diretor de Desenvolvimento de Negócio, Produtos, CRM e Marketing do Bankinter Portugal.

A campanha, criada pela ContrapuntoBBDO e com planeamento de meios da Starcom, tem como tema "O spread é mínimo e a casa o máximo" e terá início a 15 de setembro na televisão, para a qual foi criado um filme de 30 segundos, num total de 1.486 spots previstos. A campanha abrange ainda o canal digital, outdoors e a rádio, e terá uma duração de quatro semanas nos principais canais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG