Bancos britânicos pedem dispensa do Brexit durante cinco anos

As instituições querem que durante o período de transição seja o Tribunal Europeu de Justiça a deliberar sobre o setor financeiro britânico

Os bancos britânicos querem ficar sujeitos às leis da União Europeia nos cinco anos a seguir ao Brexit. A notícia é avançada esta sexta-feira pela Reuters, que cita um documento entregue pelos bancos ao Governo de Theresa May.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG