Chef Nuno Mendes dá uma nova vida ao canivete português

Chef português em Londres volta a ser embaixador de produtos portugueses no mundo e lança, com Paulo Amado, marca inspirada nos antigos canivetes

Nuno Mendes, 43 anos, já nem se lembra bem da hora, mas sabe que a ideia surgiu há pouco mais de um ano, no meio de uma conversa boa, perto das duas da manhã. O desafio partiu de Paulo Amado, amigo de Nuno, diretor das Edições do Gosto e organizador de eventos de gastronomia. Nessa mesma noite, resgataram algumas folhas de papel da mala do carro de Paulo e puseram-se a desenhar: o chef do restaurante Chiltern FireHouse, em Londres e o organizador de eventos como o Chef Cozinheiro do Ano, queriam recuperar a tradição cuteleira portuguesa e criar uma marca que a pudesse espalhar pelo mundo. Daí a ideia de darem uma nova vida aos tradicionais canivetes portugueses, tão usados como facas de "cortar tudo", sobretudo antigamente.

Exclusivos