Arménio Carlos: "Os trabalhadores estão de parabéns"

Líder da CGTP reclama retirada da proposta de horário feita aos trabalhadores da Autoeuropa e reinício das negociações

A forte adesão à greve na Autoeuropa deveria dar o mote para a administração da fábrica iniciar um novo período de negociações com os representantes dos trabalhadores. Quem o diz é Arménio Carlos que, em declarações ao Dinheiro Vivo, assume uma "imensa adesão à greve".

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Exclusivos