Aposta em certificados de poupança do Estado caiu para metade

Os portugueses continuam a financiar o Tesouro. Mas a um ritmo mais baixo depois dos juros destes produtos terem descido em outubro do ano passado.

Os certificados de poupança do Estado já foram mais populares. Apesar de continuarem a atrair investimento, o ritmo de subscrições caiu para metade no primeiro semestre do ano.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia