Zico elogia Jesus: "Tirou jogadores da zona de conforto e joga o melhor futebol do Brasil"

O antigo internacional brasileiro, uma das maiores lendas do Flamengo, está rendido ao trabalho do treinador português, que esta madrugada pode garantir um lugar na final da Taça Libertadores.

Esta madrugada (1.30 em Portugal Continental), o Flamengo de Jorge Jesus pode garantir um lugar na final da Taça Libertadores, o equivalente à Champions europeia. O Fla defronta o Grémio no Maracanã e basta-lhe um empate sem golos para seguir em frente, pois no jogo da primeira mão o jogo terminou igualado a um golo. A euforia em torno do Flamengo é enorme e até Zico, antigo internacional brasileiro e maior lenda do clube, está rendido ao trabalho de Jesus, que além de estar a um passo da final da Libertadores, lidera confortavelmente o campeonato brasileiro.

"Ele [Jorge Jesus] conseguiu implementar no Flamengo o que o torcedor quer. Uma equipa ofensiva, que joga para ganhar, que tem uma marcação incessante. Por isso a torcida está de volta. Então ele está de parabéns, porque a torcida que andava meio esquisita agora está ao lado da equipa. Muitos jogadores estavam na zona de conforto e o Jesus tirou isso tudo. Agora, o Flamengo está a jogar o melhor futebol do Brasil", afirmou Zico, em entrevista à Rádio Tupi.

Zico revelou ainda que já conhecia o trabalho do treinador Jorge Jesus, pois além de ter feito comentários de jogos de equipas portuguesas na Liga dos Campeões, teve oportunidade de conhecer o treinador pessoalmente numa visita que fez à Academia de Alcochete, em maio de 2017.

"Eu sou muito grato a um treinador estrangeiro, que me lançou no Flamengo. Don Fleitas Solich, que ganhou o apelido de Feiticeiro. O Jorge Jesus veio para fazer um belo trabalho, eu já o conhecia, quando estive na Europa comentei vários jogos dele na Champions. Ele recebeu-me muito bem quando visitei a Academia do Sporting", referiu o antigo internacional brasileiro.

Desde que foi campeão da Libertadores, em 1981, o Flamengo não voltou a disputar uma final da competição continental. Algo que pode voltar a acontecer nesta madrugada, caso o Fla elimine o Grémio. Se tal acontecer, a equipa de Jorge Jesus já sabe quem vai defrontar no jogo decisivo - será precisamente o River Plate, campeão em título, que deixou pelo caminho o rival Boca Juniors.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.