Wolves vencem jogo entre nove portugueses na Premier League

Equipa de Nuno Espírito Santo levou a melhor sobre a do compatriota Marco Silva (3-1) em jogo da 25.ª jornada da Premier League. Rúben Neves e André Gomes marcaram para as respetivas equipas.

De um lado o Everton de Marco Silva, do outro o Wolves de Nuno Esprítito Santo, que levou a melhor sobre o compatriota na 25.ª jornada da jornada da Premier League (3-1).

O jogo começou com dois portugueses nos bancos um de cada lado, mais dois suplentes e cinco jogadores em campo - André Gomes no onze titular sob as ordens de Marco Silva e Rui Patrício, Rúben Neves, João Moutinho e Diogo Jota às ordens de Nuno - e por isso as probabilidades de serem eles os protagonistas do jogo eram elevadas. E assim foi. Rúben Neves abriu o marcador aos 7 minutos de grande penalidade e André Gomes fez o empate aos 27 depois de bater Patrício. Um golaço do médio, que não marcava em jogos oficiais desde abril de 2017, quando representava o Barcelona.

O encontro seguiu dividido até que antes do intervalo o ex-Benfica Jimenez fez o 2-1 para os lobos.

No segundo tempo, os toffees de Marco Silva não conseguiram inverter a tendência da primeira parte e ainda sofreram mais um golo. Dendoncker intrometeu-se na luta entre portugueses e fez o 3-1 final.

Antes do apito final ainda houve tempo para um protagonista de quatro patas. Um gato preto entrou no relvado, mesmo à frente de Rui Patrício e provocou gargalhadas a Nuno Espírito Santo:"De onde venho é mau sinal. Aqui é bom sinal? Ok. Mas não quero ver gatos pretos outra vez.."

O Wolves conseguiu uma vitória importante, segue na sétima posição da liga, com 38 pontos, mais cinco do que o Everton, nono classificado, que na próxima jornada defronta o campeão Manchester City, e deixou Marco Silva em maus lençóis. O técnico português acabou o jogo assobiado e a imprensa inglesa já fala numa possível saída do técnico português do comando dos toffees. "Compreendo que eles queriam ver um bom jogo. Querem que a equipa chegue a uma boa posição na tabela e imagino que não esteja felizes. Temos de continuar a lutar", pediu o técnico.

Tottenham vice-líder à condição

O Tottenham, sem o lesionado Harry Kane, subiu este sábado provisoriamente ao segundo lugar da liga inglesa, ao vencer em casa o Newcastle por 1-0, no jogo que abriu a 25.ª jornada da prova.

Com a terceira vitória consecutiva, obtida com o um golo do sul-coreano Song Heung-min, aos 83 minutos, os londrinos somaram 57 pontos, mais um do que o Manchester City, que no domingo recebe o Arsenal.

O Newcastle, que na quarta-feira se impôs ao City, campeão em título, por 2-1, mantém-se no 14.º posto, com 24 pontos, a distantes 37 do líder, o Liverpool, que na segunda-feira visita o West Ham.

Consulte AQUI a classificação da liga inglesa.