Volta a França adiada vai para a estrada de 29 de agosto a 20 de setembro

Primeiro-ministro francês proibiu grandes eventos públicos no país até meados de julho, o que impede que o Tour tenha início a 27 de julho, como estava agendado.

A Volta a França em bicicleta vai ser adiada e irá para as estradas de 29 de agosto a 20 de setembro. A decisão ainda não é oficial, mas de acordo com o jornal Dauphiné Libéré, que cita fontes da organização, esta informação deverá ser anunciada na quarta-feira, depois de uma reunião de altas esferas.

O adiamento da prova de ciclismo, que inicialmente estava prevista de 27 de junho a 19 de julho, era há muito esperado. Mas nesta segunda-feira ganhou novos contornos, depois de o primeiro-ministro francês Emmnauel Macron ter anunciado o cancelamento de todos os grandes eventos públicos no país até meados de julho, uma medida que inclui o Tour. Este era o motivo que faltava à organização para então trabalhar em novas datas. Ainda de acordo com o Dauphiné libéré, a partida será na cidade de Nice, tal como estava programado, e a chegada nos Campos Elísios, em Paris.

A organização da Volta a França tem estado a trabalhar em vários cenários nas últimas semanas devido à segurança. E segundo noticiou há uns dias o Le Parisien, uma das possibilidades seria no início das etapas criar-se um perímetro de segurança de 500 metros, assim como no final, em ambos os casos sem público. Para iniciarem as etapas os ciclistas seriam transportados em autocarros para as zonas de partida. Caso este plano vingasse, a Volta a França seria disputada unicamente em França. Em toda a história, o Tour só não se realizou em duas edições, devido às guerras mundiais entre 1915 e 1918 e 1940 e 1946.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG