Benfica vence em Vizela mas não se livrou de um susto (veja os golos)

Um golo de Samu logo os seis minutos deu vantagem à equipa do Campeonato de Portugal na Taça ao intervalo. No segundo, Raul de Tomás e Vinícius operaram a reviravolta e apuraram o Benfica para a fase seguinte da prova.

O Benfica apanhou um susto, mas seguiu em frente na Taça de Portugal, ao vencer neste sábado em Vizela, por 1-2, num jogo em que chegou ao intervalo em desvantagem.

A equipa do Vizela, que lidera a sua série no Campeonato de Portugal, colocou-se em vantagem muito cedo, com golo de Samu logo aos seis minutos. O médio vizelense encheu o pé e de fora da área bateu o guarda-redes Zlobin, que foi titular no lugar de Vlachodimos.

O Benfica sentiu sempre muitas dificuldades na ligação do seu jogo e expunha-se demasiado, permitindo ao Vizela contra-ataques. A equipa dos escalões secundários ficou reduzida a 10 jogadores aos 26 minutos, por expulsão de Ericson (segundo amarelo), mas mesmo assim aguentou a vantagem até ao intervalo.

As muitas alterações na equipa - relativamente ao último jogo, o treinador Bruno Lage mudou cinco jogadores, com as entradas de Zoblin, Ferro, Samaris, Jota e Raúl de Tomás - não servem de justificação para a fraca exibição.

No segundo tempo, porém, até dada a vantagem numérica, as águias subiram de rendimento e carimbaram o passaporte para a fase seguinte da Taça de Portugal. O espanhol Raúl de Tomás empatou a partida aos 75', limitando-se a encostar a bola para o fundo da redes após assistência de Jota. E aos 87', o brasileiro Vinícius apontou o golo da vitória.

O Benfica junta-se a Sporting de Braga, Santa Clara e Famalicão, da I Liga, Leixões e Académico de Viseu, da II Liga, e Sertanense e o Sporting de Espinho, do Campeonato de Portugal, no lote de equipas apuradas para a próxima ronda.

O golo de Samu (Vizela) aos 6'.

O golo de Raúl de Tomás (Benfica) aos 70'

O golo de Vinícius aos 87'

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG