Vieira diz que "OPA sobre 28% da SAD é o melhor negócio de sempre do Benfica"

Presidente do Benfica abordou renovação de Rúben Dias e de Bruno Lage e a OPA sobre 28,06 por cento da SAD em entrevista à BTV

Luís Filipe Vieira desvendou esta sexta-feira um pouco o véu sobre a Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre 28,06% das ações da Benfica SAD no mercado. "Não escondi a ninguém que estou cá para defender os interesses do Benfica. Os resultados financeiros, desportivos e patrimoniais falam por si. Querer adquirir cerca de 28 por cento faz parte da estratégia para o Benfica aumentar o capital próprio e devolver cada vez mais o Benfica aos benfiquistas. Há pouca gente que sabe o que o Benfica vale hoje. O Benfica está a fazer o melhor negócio de sempre, porque sei o que vale a SAD. Jogámos recentemente com o Lyon, que vendeu 20 por cento da sua SAD por 100 milhões de euros. O Benfica quer reforçar o controlo da SAD para decidir o que bem entender. Dia 2 de janeiro, quando puder falar, irei explicar tudo aos benfiquistas sobre a operação", esclareceu o presidente benfiquista em declarações à BTV.

Questionado sobre os interesses pessoais que tem na operação, uma vez que possui 763 mil ações e poderá encaixar 3,7 milhões de euros, o líder encarnado recordou como o clube estava antes de ele chegar. "Coloquei cerca de quatro milhões de euros no Benfica quando o clube precisou. Alguns benfiquistas que têm feito comentários deviam ter um bocadinho de mais respeito. O Benfica estava completamente mais obsoleto antes de eu chegar. A obra está cá e ninguém pode contestar", atirou, vincando que "o Benfica é um clube muito apetecível" no mercado.

Luís Filipe Vieira falou ainda da renovação até 2024 de Rúben Dias, jogador que considera fazer "parte da estratégia do Sport Lisboa e Benfica" e que "tem todas as condições para ser o futuro capitão do Benfica", porque "é um grande líder". "Sabemos que é um jogador bastante cobiçado na Europa, mas chegámos a acordo com ele para os próximos cinco anos. É uma das peças fundamentais para o que queremos no Benfica no futuro. Costumo dizer-lhe a ele que é um animal de competição. Especulou-se muito sobre ofertas, mas o mais importante para ele é que o clube o desejava. Queremos jovens competidores, gente disposta a competir a sério pelo Benfica", acrescentou.

O presidente do emblema da Luz confirmou que a renovação de Bruno Lage deverá ser oficializada para a próxima semana, mas que o constante adiamento da mesma não terá impacto nos ganhos do treinador: "Tudo o que for acordado terá retroativos a partir de junho ou julho."

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG